4 de janeiro de 2008

Coisas da Vida


Esta é uma pequena narração de fatos verídicos e que acabaram de acontecer com este ser que agora vos escreve!
Primeiro, acordei mais cedo do que o meu habitual horário para acordar nas férias porque queria ir a um hipermercado que fica um tanto quanto distante da minha casa, mas dá pra ir a pé.... beleza, nada de ônibus, já basta o ano todo circulando entre cidades dentro de coletivos lotados e com pessoas que não foram apresentadas a desodorantes e afins.....
Só que acordei com uma enxaqueca feroz, brutal.....e toca a tomar o único remédio que ainda funciona nestes casos (Dipirona Sódica 500mg - líquida!) e assim que consegui enxergar direito (sim, porque quando tenho enxaqueca não consigo enxergar nitidamente nada, pois tem sempre uma nuvem idiota na frente dos meus olhos, aff!), mas tudo bem....a dor de cabeça estava razoavelmente contida (é claro que a bateria de todas as escolas de samba ainda tocava insessantemente na minha cuca), então fui caminhando até o hipermercado pra comprar um presente para uma pessoa especial que vai casar. Ora, uma caminhada vai muito bem, preciso perder uns quilinhos que insistem em invadir o meu corpo.... chegando lá começo a passear pelo mercado (adoro isto! hehehe), a cabeça colaborando e tal..... mas sabe como é, não consegui comprar só o presente, eu tinha que encontrar outras coisas era uma coisa mais forte do que eu e o cartão pulsando todo feliz dentro da bolsa, então a pessoa se joga!!!
Olha só! Um molho diferente para macarronada....e um tempero que não conheço....e mais um...oba! Ah, mas e o macarrão (já disse que sou louca por massas, hehehe....se deixar a minha despensa só vai ter molhos e massas!)..... um pacotinho aqui, outro ali..... ah, e o lustra móveis que estava procurando, hummmm e mais barato, oba!! Opa!!! Mas tá faltando mais isto e mais aquilo.....e por ai vai!
Ok! Tudo comprado e com o cartão devidamente satisfeito..... então percebi algo sinistro! Meu Deus!!!! Carregar tudo!!! Meu Deus!!!! Help me!!!! Mas tudo bem.... estou de férias e o mundo é lindo, hehehehe! Coloquei os meus "músculos", humpf pra trabalhar e aboli a idéia de voltar de ônibus da cabeça (esta que já nem pensava direito, só sentia a bateria das escolas de samba trabalhando).....voltei pra casa caminhando com várias sacolas distribuídas pelos meus dois braços (alguém pode me explicar porque só temos DOIS braços?) e durante todo o caminho pensando só mais uma quadra....só mais uma quadra..... quando chego na portaria do prédio, eis que uma colega de faculdade que não via há anos surge do nada (mistério ainda não respondido, hehehe) e toca a conversar..... e as sacolas ali se fazendo lembrar pelo peso que a esta altura acho que havia triplicado!
Depois de uma conversinha básica consigo entrar em casa!!!!! Graças!!!!!

Agora o mais absurdo de tudo isto é que eu não fui de carro simplesmente porque ainda não consegui perder o medo de dirigir (claro que também porque não tenho carro, mas uma coisa leva a outra!), ainda estou enrolando pra tirar esta carteira de motorista dos infernos.....meu Deus e vejo cada pessoa mais sem noção, mais estranha, que mal consegue escrever uma frase com algum sentido, mais bizarra que conheço bem feliz dirigindo (nem sempre bem é claro, hehehe!) e eu que nem sou tão bizarra assim, que já fiz duas monografias (toda boba, hheheeh!), que isto e que aquilo, não consigo seguir em frente..... pego na direção e me vem um medo de atropelar alguém.... parece que todos os pedestres do mundo só estão a minha espera para serem atropelados..... putz..... algo muito sinistro deve acontecer com a minha mente!!!!! ai ai.....

16 comentários:

Denise disse...

Drica, em primeiro lugar: feeeeeliz 2008! Agora sim: eu também não dirijo e não me compreendo. Eu sei que eu posso, sou inteligente e etc, mas ainda não descobri a porção motorista em mim. E eu também já passei - e ainda passo - por essa aventura constante de compras, sacolas e falta de carro. E quando chego em casa penso "oh, meus dedos vão gangrenar". Sempre penso isso!

Beijos.
=)

Ingrith disse...

Drica, pois eu amo dirigir e de preferência em alta velocidade o que eu sei que é um erro, mas tenho me contido e andando sempre a 60 no maximo 80... mas qdo pego a estrada nem olho pro velocimetro!!!!

Mas procura uma auto-escola especializada pra quem tem medo!

Diego disse...

tragédia pouca é bobagem... pena que o teu fortão não tava por aí... heheheheh te amo linda... tu é muito inteligente, por isso de repente o medo.

Andreia disse...

Medo de dirigir Drica????
Vai lá no blog da Ingrith e leia o post da Kreusa!!!! rsrsrs

Beijos!!!!!!

[ r ê ] disse...

agora fala se esses episódios de nosso cotidiano não nos faz sentir um personagem de sitcom?

eu tava lendo e rindo aqui, pq toda vez que eu vou no supermercado é a mesma coisa, eu pego uma cestinha pra não comprar mta coisa mas acabo comprando mais do que o planejado e esqueço que tenho que voltar pra casa a pé...rs

Renata disse...

eu sei que é trágico, mas eu morri de rir com o seu texto! Tadinha!
Por que vc não procura uma auto escola bacana? Existem aulas específicas pra quem tem medo...
beijinho

Juliana disse...

Amiga, estou aqui para me consolidar contigo: eu tenho pavor de dirigir!!!Auto escola me dá arrepios ; O carro aqui tem o apelido de samambaia (enfeite da garagem)...el maridon não usa pra trabalhar já que estamos à 10 minutos do trabalho dele e eu faço tudo a pé!!!
E como já disse num outro post, santo de casa não faz milagre... nem o psicólogo particular consegue entender...

Bjão !!!

Bella disse...

então esse algo sinistro tb acontece com a minha mente pq apesar de ter carteira há 7 anos, eu não dirijo por medo. até pq, as poucas vezes q tentei minha mãe ficou berrando do meu lado com mais medo de mim do q eu msm e me traumatizou pra sempre. liga não. vc tem cia! hehe!
bjs

trichegege disse...

Drica feliz 2008! Eu já passei por isso e sei o quanto é difícil mas chega um dia em que a gente tem de enfrentar e eu conseguí dirigir.

Oliver Pickwick disse...

Olá, "Ser que agora nos escreve", apesar de saber que está de férias, descansando o corpo, e planejando novas idéias para o Craft Room, ainda assim, a boa gente do condado sentiu a sua falta. Povinho egoísta, não? Não pode desgrudar sequer um dia!
Barbaridade, guria! Ainda não tens a carteira de motorista? Sabias que se não inscreveres no Detran jamais vai tirar uma?
A Jana, a Helen, toda a blogosfera sabe da sua simpatia. Mas, você sabe, não falamos isso sempre pra não te deixar exageradamente faceira.
Um beijo, e tenha um Domingo tri-legal!

Jackie Götzen disse...

Assim...eu que quando era menor de idade sonhava em fazer dezoito pra poder dirigir...10 anos se passaram e nada....E vejo a pirralhada que eu "peguei no colo" viajando pra lá e pra cá...e me levando na CARONA do carro...humilhante!!!!

Bem, pra isso...vou de bike...não polui...não mata ninguém e ainda exercita!!!!

Ah..quanto a dor de cabeça...experimenta ADVIL é um remédio americano que vc encontra em farmácia que vende produtos importados...que é melhor do que 3 caixas de Dipirona ou Postan..é um milagre até pra cólica!!!!

MLR disse...

FELIZ 2008...
Uma nova meta pra vc em 2008, DIRIGIR!!!hehehehe
Comece sempre com alguém do seu lado, e aos poucos vc vai adquirindo confiança...Eu morria de medo no início, e agora não largo o osso hehehe
Beijosssss

Cris disse...

Drica:

Também sofro de enxaquecas, adoro macarrão e também não dirijo! Tem alguém que possa nos ajudar? rsrsrs

Bjs,

Cris

Renata R. disse...

Drica, querida, vou te dizer uma coisa: se eu hoje consigo dirigir e não sentir medo, pode ter certeza que qualquer um consegue.

Eu também relutei e só tirei a minha cartiera aos 24. Hoje não consigo me imaginar sem saber dirigir.

Vai lá, menina. Projeto 2008! rs


:*

Andréa Ramos disse...

Dirigir um carro é assim,vc tem que se jogar.
Vou contar rapidinho(vou tentar).
Meu marido me comprou um carrinho há 12 anos atrás e eu não sabia dirigir.Aí fomos para o interior,pois lá seria mais fácil aprender,afinal minha mãe estava morando numa cidade super tranquila.
Ensinou um pouquinho,eu atrevidinha me achei.
Voltei para casa Sampa!!
Pedi para ele ir ao açougue antes do trabalho,ele respondeu,vai com teu carro eu já te dei.
Fui.
Tremi tanto e suei tanto que qdo voltei tive que tirar a roupa e ficar deitada na cama por meia hora.
Hoje dirijo numa boa até nos EUA.
Vai fundo garota.
Bjs
(me empolguei né desculpe)

Cinthya Rachel disse...

tb tenho medo, e pior que tenho carta, ja dirigi durante um tempo, estacionei na garagem do predio, nunca bati o carro, nem ralei e tenho panico. nao entendo pq, começa a dar um suadouro. mas vamos tentar superar isso

Pesquisa

Google